loader image

Salta à Vista

ENSINA | 6 min. de leitura

O QUE É A CONJUNTIVITE?

Normalmente associada aos olhos vermelhos ou inflamados, causa comichão e desconforto resultando em pálpebras secas ou em crosta.

COMO DIAGNOSTICAR?

Em alguns casos, os sinais podem ser a inflamação mais intensa dos olhos ou das pálpebras e também a criação de secreções, cujas características podem variar de acordo com o tipo de conjuntivite. 

Conjuntivite infecciosa é causada por algum vírus ou fungo específico que afecta o olho.

Conjuntivite alérgica é uma reação alérgica ao pólen, aos pêlos dos animais ou ao pó que pode levar à inflamação da conjuntiva.

Conjuntivite irritante deriva de substâncias como água com cloro, champô ou a poluição no ar que pode causar irritação no olho. 

TRATAMENTO

A conjuntivite pode durar alguns dias ou até mesmo uma semana. As secreções que ficam nas pálpebras devem ser cuidadosamente limpas com algodão e água. A conjuntivite irritante deve ficar resolvida assim que a substância tóxica for removida. Caso contrário, é necessário efectuar um tratamento específico, incluindo:

  • Colírio antibiótico 

  • Anti-histamínicos podem ser prescritos para a conjuntivite alérgica

  • Um bebé que tem conjuntivite neo-natal deve ser visto imediatamente por um médico

Uma visão saudável tem um papel fundamental no desenvolvimento das crianças. Desde a infância, existem aspetos a ter em consideração no sentido de assegurar um perfeito desenvolvimento visual

Existe uma crença comum de que passar muito tempo em frente a um computador, smartphone ou ver televisão pode causar problemas de visão.

Definir (e manter) limites no tempo que passa em frente aos ecrãs e adotar atividades sem contacto com os mesmos pode ajudá-lo a reduzir a sua exposição à luz azul-violeta nociva presente nos equipamentos digitais.

Alguma vez teve dificuldade em ler sinais de trânsito ou em reconhecer alguém à distância? Isto pode significar que tem miopia, mas é muito fácil de resolver.

O novo coronavírus pode entrar através do nariz, boca e até dos olhos. A conjuntivite pode também ser um sintoma da Covid-19.

A visão não é inata nos seres humanos. Um bebé, normalmente, espera até os 5 anos de idade para poder beneficiar de uma visão totalmente desenvolvida!

Tudo o que precisa de saber para manter melhor a saúde visual dos seus filhos.

O estrabismo é um distúrbio da visão relacionado com um defeito no paralelismo dos eixos visuais devido a um desequilíbrio muscular oculomotor.

Os daltónicos sofrem grandes dificuldades, e alguns chegam a não conseguir, distinguir as cores dos objetos. Algumas pessoas não conseguem mesmo distinguir cores nenhumas, no entanto esta condição é rara.

Ensinar a ver bem para aprender melhor

Uma visão saudável tem um papel fundamental no desenvolvimento das crianças. Desde a infância, existem aspetos a ter em consideração no sentido de assegurar um perfeito desenvolvimento visual.

Todas as crianças são diferentes, podendo alcançar os mesmos patamares em idades distintas. No entanto, se suspeitar de algum comportamento anómalo, será necessário proceder de imediato a um exame de despistagem visual.

SINAIS DE ALERTA

Principais sintomas de anomalias visuais:

dor de cabeça

piscar os olhos

tapar um
dos olhos

colocar os objetos
muito perto

estrabismo

esfregar
os olhos

MIOPIA

Alguma vez teve dificuldade em ler sinais de trânsito ou em reconhecer alguém à distância? Isto pode significar que tem miopia, mas é muito fácil de resolver.

Regra dos 20-20-20

É hora de descansar os olhos!

 

Conhece a regra dos 20-20-20?

A cada 20 minutos ao olhar para um ecrã, deve-se olhar
por 20 segundos para objetos que estejam a mais de
20 metros de distância. Assim, evita-se a fadiga ocular e também ajuda a prevenir a miopia.

A Banda da Essi

Sabia que a Essi tem uma banda com os amigos?

A banda é composta pela Cobra Serafina no clarinete, o Sapo Sebastião no baixo, as Formigas Marias na bateria, a Cigarra Eulália e o Grilo Ambrósio nos violinos e por fim a Essi, a nossa vocalista.

Ambliopia

A ambliopia é uma condição que geralmente tende a afectar mais as crianças, mas é normalmente fácil de tratar. No entanto, se não for corrigida, poderá tornar-se permanente.